• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Salum diz que deixará o governo por estar insatisfeito

O comunicador e ex-policial, Roberto Salum, pedirá na próxima semana ao governador, Jorginho Mello (PL), para ser exonerado do cargo de assessor técnico da presidência do Detran, no próximo dia 30.

Após ler a minha coluna na manhã de hoje, Salum entrou em contato para informar que, ao contrário do que anunciou o presidente do órgão, Kennedy Nunes, ideia de fazer um mutirão para reduzir o represamento de carteiras de motorista, que já chega a 31 mil, foi dele.

Salum não esconde o seu descontentamento e dirá a Jorginho que, os que o apoiaram desde o primeiro turno da eleição, agora estão sendo comandados por quem não o apoiou, ou passou a apoiar somente após o segundo turno. “Nosso pessoal está de fora do governo, enquanto os de fora estão tendo prioridade”, reclamou.

A bronca sobrou até para Kennedy Nunes, que, segundo Roberto Salum, não o teria ouvido. “Esse vai terminar nas mãos da turminha que acabou com o Detran. Vou para empresa privada a convite”, disse Salum, que já foi suplente de deputado, quando teve a oportunidade de assumir o mandato na Alesc por alguns meses.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.